06/05/2011 , às 16h11

A 11ª Mostra Nacional de Experiências Bem Sucedidas em Epidemiologia, Prevenção e Controle de Doenças (11ª Expoepi) já tem datas marcadas: será de 1º a 3 de novembro próximo, em Brasília

Nesta sua 11ª edição, a Expoepi contará com dez áreas para a Mostra Competitiva. As nove primeiras áreas e seus temas estão abertos aos serviços de saúde do SUS que desenvolveram ações nas áreas de vigilância, prevenção e controle de doenças e agravos em âmbitos municipal, estadual e no Distrito Federal, nos anos de 2009 e 2010.

A área 10 é destinada aos profissionais do SUS que concluíram, no decorrer dos anos de 2009 e 2010, cursos de pós-graduação – especializações, mestrados ou doutorados – na área de saúde coletiva ou afins -, oferecidos por instituições reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC). As produções técnico-científicas devem contribuir para o aprimoramento das ações de vigilância, prevenção e controle de doenças e agravos de interesse para a saúde publica.

Promovida pela Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS) do Ministério da Saúde, a Expoepi foi criada em 2001, sendo seu principal objetivo difundir os serviços de saúde dos SUS que se destacaram pelos resultados alcançados em atividades relevantes para a saúde pública (Artigo 2º da Portaria Nº 21, de 18 de maio de 2006).

Além da mostra competitiva, na Expoepi são promovidos, por meio de painéis e mesa redonda, debates de cunho técnico-científico relevantes para a vigilância em saúde.

Segue a relação das áreas e temas priorizados para a 11ª Expoepi:

Área I : Saúde ambiental e do trabalhador
Temas:
a)Vigilância da qualidade da água para a prevenção e controle de doenças de veiculação hídrica; ou
b)Vigilância em saúde do trabalhador.

Área II: Integração das ações de vigilância, prevenção e controle das doenças e agravos com os serviços de saúde
Temas:
a)Integração com a atenção básica; ou
b)Integração com a rede hospitalar.

Área III: DST/AIDS e Hepatites Virais
Temas:
a)Eliminação da sífilis congênita como problema de saúde pública; ou
b)Redução da transmissão do HIV; ou
c)Redução da transmissão das hepatites virais.

Área IV: Controle da dengue
Tema:
a)Vigilância, prevenção e controle da dengue com ênfase no trabalho de campo ou na redução da letalidade da doença.

Área V: Aperfeiçoamento da cobertura e qualidade dos sistemas de informação
 Temas:
a)Sistema de informação sobre mortalidade (SIM); ou
b)Sistema de informação de nascidos vivos (SINASC); ou
c)Sistema de informação de agravos de notificação (SINAN); ou
d)Vigilância de óbitos fetais, infantis ou maternos.

Área VI: Agravos e doenças não transmissíveis e Promoção da Saúde
Temas:
a)Vigilância dos fatores de risco dos agravos e doenças não transmissíveis; ou
b)Implementação de ações de promoção da saúde.

Área VII: Tuberculose, Hanseníase e Doenças negligenciadas
Temas:
a)Controle da Tuberculose; ou
b)Eliminação da hanseníase como problema de saúde pública; ou
c)Vigilância, prevenção e controle de doenças negligenciadas, com ênfase em esquistossomose, geohelmintíases, tracoma, filariose e oncocercose.

Área VIII: Eliminação e Controle das doenças imunopreviníveis
Temas:
a)Melhoria das coberturas vacinais;
b)Estratégias de eliminação e controle das doenças imunopreviníveis.

Área IX: Investigações de surtos conduzidas pelas esferas estadual ou municipal do SUS – Prêmio Carlos Chagas

Área X: Produção técnico-científica por parte de profissionais do Sistema Único de Saúde que contribuem para o aprimoramento das ações de Vigilância em Saúde, em três categorias:
a)Monografia de especialização; ou
b)Dissertação de mestrado; ou
c)Tese de doutorado.

O Edital da 11ª Expoepi será divulgado em breve, através do endereço eletrônico www.saude.gov.br/svs. Vale ressaltar que as inscrições serão realizadas apenas pela internet. Outras informações pelos telefones (61) 3213- 8391/8392/8397.

Fonte: http:\\www.saude.gov.br